7 de ago de 2014

Primários Lição 06: Gratidão na casa de Deus

Primários
Lição 06: Gratidão na casa de Deus
Texto Bíblico: 1 Samuel 1.1-28; 2.1,2,11
Objetivo: Assegurar aos alunos que a igreja é também um lugar de agradecermos a Deus pelas inúmeras bençõas que Ele tem nos concedido.
Versículo para Memorizar:” “Louvem a Deus e sejam agradecidos a Ele.” Salmos 100.4
Frase do dia:   A IGREJA É LUGAR DE AGRADECER A DEUS


Lição 06 - Gratidão na Casa de Deus
Texto Bíblico: 1 Samuel 1.1-28; 2.1,2,11




“Ana lamentava muito o fato de não poder ter filhos, pois isto era motivo de vergonha para as mulheres hebréias. Seu marido tentava consolá-la. Uma parte excelente (5) seria uma ‘porção dobrada’ (ou ’porção dupla’ na ARA). [...] Em sua aflição, Ana orou na porta do Tabernáculo. Templo (9) – hebraico hekal, também pode significar ‘palácio’ ou ‘majestosa construção’. O templo ainda não fora construído àquela época.

[...] Ana continuou a orar (12), não satisfeita com apenas um pedido – a importância da persistência foi claramente ensinada por Jesus (Lc 18.1-8).[...]

A oração é notavelmente definida como o derramar da minha alma perante o Senhor (15). Ana não era filha de Belial (16), mas sim uma mulher em profundo sofrimento e que carregava um grande fardo, pelo que pediu a ajuda de Deus. [...]

Eli rapidamente corrigiu seu erro e uniu-se a Ana em seu pedido para que Deus atendesse seu desejo. Ana ilustra a natureza da fé conforme ensinada no Novo Testamento. Convencida de que o Senhor ouvira sua oração, ela não estava mais triste, muito embora não houvesse um sinal verdadeiro de que seu pedido fora atendido. [...]

Os versículos 1-18 ilustram “Os ingredientes para uma vida maravilhosa.” Eles devem ser dados em números de três: (1) Um lar piedoso (vv. 1-8); (2) Uma mãe que ora (vv.9-11) e (3) um pastor fiel (vv.12-18).

[...] d. O cântico de louvor de Ana (2.1-10). Então, orou Ana (1) na forma de um salmo de ação de graças. Esta é uma poesia de grande beleza e profundidade, e é o modelo do “Magnificat” de Maria no Novo Testamento (Lc 1.46-55). O meu poder (1) – melhor na ARA, ‘minha força’. A minha boca se dilatou – anteriormente sem palavras por causa das provocações de sua rival, a boca de Ana agora se abre em louvor a Deus. na tua salvação – do hebraico yeshuah, ‘segurança, bem-estar, salvação’ – é usada de muitas maneiras por toda a Bíblia: em vitória política ou militar, alívio do sofrimento ou enfermidade, mas principalmente na libertação do pecado.

Rocha nenhuma há como o nosso Deus (2) – Deus é freqüentemente descrito como uma rocha (e.g., 2 Sm 22.2,3; Sl 18.2; 28.1; 62.2,6; etc.), tanto no sentido de refúgio como de alicerce. Não multipliqueis palavras (3) – “não fale mais”, dirigido à adversária de Ana. Até a estéril teve sete filhos (5) – pode ser a profecia da família subseqüente de Ana, apesar de a quantidade de seus filhos parecer ser seis (21). O número poderia ser usado em seu significado secundário ou relacionado à perfeição ou inteireza.

E dará força ao seu rei, e exaltará o poder do seu ungido (10). Apesar de Israel não ter tido um rei durante muitos anos após estas palavras terem sido ditas, a idéia era familiar, pois as pessoas quiseram que Gideão se tornasse um monarca (Jz 8.22). Sem dúvida, mesmo naquela época, a nação sentia que precisava de um governo forte e centralizado, o que raramente foi alcançado com os juízes. Seu ungido (mashiac, de onde vem a palavra ‘Messias’) é usado pela primeira vez aqui. Isto se tornou tanto um título como um nome para Jesus (‘Cristo’ é o termo grego para o hebraico mashiach). A expectativa da vinda do Messias cresceu muito durante a era profética posterior em Israel e é a base do cumprimento neotestamentário em Cristo, tanto em sua primeira vinda como em seu retorno.

” (Comentário Bíblico Beacon. CPAD. p.181-182).


ATIVIDADES

Convide as crianças a se tornarem repórteres por um dia. O tema da reportagem será “Agradeço a Deus por...”. Aproveitando a temática, as crianças escolherão alguns irmãos da igreja para dizerem um motivo de gratidão a Deus. De acordo com o perfil de sua classe, veja a melhor maneira de realizar a atividade (individual, duplas, etc.). Não esqueça de reservar um período para que cada um conte como foi essa experiência.

Nenhum comentário:

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...