13 de nov de 2014

Maternal Lição 06: Louve a Deus porque Ele nos defende!

Maternal
Lição 06: Louve a Deus porque Ele nos defende!

Texto Bíblico: 2 Crônicas 20:1-30.
Objetivo: Que a criança love a Deus por ter compreendido que Ele nos defende.

Versículo para memorizar: “ Eu te louvarei, ó Deus, meu defensor!” Salmos 59.17
Palavra do dia:”DEFESA”
Lembrancinhas:

Oficina de idéias:

Reproduza o desenho de um escudo e dê um a cada criança. Distribua retalhos de papel dourado e prateado, e tesouras sem ponta. Oriente os alunos a cortar o papel em pedaços pequenos e a colá-los no escudo, bem juntinhos. Converse para que serve o escudo? Muito bem, para o soldado se defender dos ataques do inimigo. E quem é que nos defende dos perigos e das pessoas malvadas? Deus quer que você o louve porque Ele é seu defensor.

Lição 06 - Louve a Deus porque Ele nos defende!
Prezado professor, neste domingo as crianças terão a oportunidade singular de compreenderem o significado da palavra “DEFESA”.

Texto Bíblico 2 Crônicas 20.1-30

De professor para professor

Prezado professor, neste domingo as crianças terão a oportunidade singular de compreenderem o significado da palavra “DEFESA”. O objetivo é que as crianças louvem a Deus por ter compreendido que Ele nos defende.

• Faça uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido.


• A palavra-chave da aula de hoje é “defesa”. Então, durante o decorrer da aula, repita a frase: “Vamos louvar ao Papai do céu por sua defesa.”


Para refletir

• Através do texto bíblico da lição, aprendemos que quando o inimigo ameaçou invadir Judá, Deus falou por intermédio do profeta: “Não temais (...), pois a peleja não é vossa, mas de Deus”. Talvez não tenhamos de enfrentar um exército inimigo, mas temos de lutar todos os dias contra as tentações, as pressões e “contra as forças espirituais do mal” que desejam que nos rebelemos contra Deus. Lembre-se que, como cristãos, temos o Espírito de Deus dentro de nós. Se pedirmos o auxílio do Senhor quando enfrentamos lutas, Ele combaterá por nós. Louve a Deus, pois Ele sempre triunfa!

Trecho extraído e adaptado de: Graça Diária Para Professores. Rio de Janeiro, CPAD.

•    Regras Práticas para os Professores

Como podemos ser eficientes em ensinar as crianças de um modo que agrade a Deus?

Vamos apresentar, a cada semana, um plano que pode auxiliá-lo a realizar esta tarefa. Vamos chamar este plano de “Ciclo Educacional Para Ensinar Crianças”. O ciclo educacional fornece orientações pelas quais um ministério de ensino eficaz pode ser planejado e programado.

Programa e Currículo
Como programar, planejar e ensina para atendermos as necessidades de nossos alunos?
Programar com base em nossa visão da criança satisfaz as necessidades dos alunos. A criança não é um adulto em miniatura, mas um indivíduo singular com características e necessidades especiais a cada faixa etária. Programar com base em como as crianças aprendem cumprirão as diretivas bíblicas mencionadas.
As Escrituras descrevem os dois focos como (1) evangelismo — alcançar as crianças, levá-las a um compromisso com Jesus Cristo como Salvador e Senhor — ; e (2) discipulado — levá-las a crescer na Palavra de Deus e equipá-la para compartilhar a fé.
A programação eficaz para as crianças inclui estas diretrizes:
(Continuação)

Nossa programação para crianças deve ser estabelecida para satisfazer suas necessidades e alcança as metas bíblicas.
Horário para crianças em idade pré-escolar — zero a cinco anos

Quando desejamos ensinar as crianças pequenas, seguimos um horário similar a este. Embora haja variações em termo de duração ou propósito, os princípios permanecem os mesmos.
     Estágio 1 – Atividades de aprendizagem da Bíblia (cerca de 30 a 45 minutos). As atividades de ensino bíblico começam quando a primeira criança entra na sala de aula. Ela escolhe uma, duas ou três atividades disponíveis que focalizem o objetivo da Palavra de Deus. A atividade, junto com a conversa dirigida, proporciona verdadeira aprendizagem para a criança, como também gera prontidão à aprendizagem para o resto da sessão. Cada atividade acontece num grupo pequeno tendo a liderança de um adulto.
      Estágio 2 – Momentos de adoração (cerca de 10 a 15 minutos). Durante os momentos de adoração as crianças reúnem-se num grande grupo para cantar, memorizar o versículo bíblico, ofertar e revisar a sessão até este ponto. Ao término deste estágio, as crianças se dividem nos mesmos grupos pequenos todas as semanas para a história bíblica e atividades afins.
      Estágio 3 – História e atividades afins (10 a 15 minutos). A história da Bíblia, contada num grupo pequeno, utiliza um método diferente a cada semana. As atividades afins permitem que cada professor revise e reforce a história bíblica e sua aplicação.
      Estágio 4 – Hora de se preparar para sair (10 minutos). Este  momento proporciona os minutos extras até que os pais cheguem ou até que sua equipe faça um relato para a segunda hora da sessão. Em geral esta conclusão consiste em cantar corinhos, revisar o versículo memorizado e fazer alguma limpeza.

Trecho extraído de: Manual de Ensino Para o Educador Cristão. Rio de Janeiro: CPAD, 1999.

• Atividade Manual
Para reforçar o ensino da lição, sugerimos a seguinte atividade: As crianças vão encenar a história. Cantando e tocando alguns instrumentos de brinquedo, ou da bandinha infantil, elas marcharão pela sala. Conduza a brincadeira, dizendo: “O exército inimigo está chegando! Nós vamos atacá-lo? Não. Vamos louvar a Deus, e Ele lutará por nós e nos defenderá dos inimigos. Glória a Deus porque Ele é o nosso defensor!”


Nenhum comentário:

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...