2 de out de 2013

Maternal - Lição 1 - Eu amo o papai

Maternal    Ano 1 – 4 trimestre  -   Viver e conviver

Lição 1 – Eu amo o papai
Texto Bíblico: Gênesis 15.1-5; 21.1-5
Objetivo: Aprender que o papai é uma dávida de Deus.
Para guardar no coração:  “Filhos, o dever... de vocês é obedecer ao seu pai...”       Efésios 6.1
Palavra do dia: “PAPAI”












Lição 1- Eu amo o Papai

Gênesis: 15.1-5; 21.1-5


I - De professor para professor

Prezado professor, neste domingo as crianças aprenderão que devem amar o papai.

•    Recapitule a lição anterior. Pergunte o que elas aprenderam.

A palavra-chave que trabalharemos neste domingo é “Papai”. No decorrer da aula, repita a frase: “Devo amar o papai”.

II – Para refletir   ...
Que mudança! Deus prometeu um filho aos idosos Abraão e Sara; eles esperaram. Finalmente, o milagre do nascimento aconteceu e, com ele, veio também um transbordamento de alegria como o mundo nuca tinha visto antes numa casa. Agora o garoto devia ser devolvido a Deus em sacrifício pelas mãos de seu próprio pai. Isso deixa a mente perplexa; isso muda tudo.
...


Com estonteante rapidez, Abraão sai numa jornada. Que sentimento inundava seu coração enquanto ele e seu mancebo caminhavam fica por conta de nossa imaginação. Nós só sabemos que ele obedeceu, crendo que Deus proveria uma forma de cumprir sua promessa. Hebreus diz que ele cria que Deus podia levantar Isaque dos mortos (Hb 11.19).

Quase tudo que nos acontece testa a nossa fé. Nós parecemos ter muito pouco dinheiro para dar, apesar de Deus dizer que Ele sempre satisfará as nossas necessidades. Será que nós cremos?

Queremos tomar vingança, mas Deus diz que dEle é a vingança. Será que nós cremos? Cristo morreu pelos nossos pecados e diz que os purificará se nós simplesmente confiarmos nEle. Aceite a promessa de Deus e descubra a bênção dEle ( Texto extraído do livro 365 Lições de Vida Extraídas de Personagens da Bíblia, CPAD).

III – Regras prática para professores
    A criança tem:
Personalidade própria – na Bíblia encontramos o apóstolo Paulo afirmando sua personalidade infantil: “ Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino” ( 1 Co 13.11).

Criatividade – para desenvolver a criatividade da criança devemos criar na classe um ambiente de lar que tenha as mesmas coisas a que elas estão acostumadas, de acordo com a faixa etária. Por exemplo: brinquedos, jogos especiais, livros, etc. 

Imaginação - As crianças têm imaginação fértil, são extremamente inteligentes e conseguem brincar com coisas simples do dia-a-dia (tampa de panela, volante, madeira, boneca, brinquedos, etc.), como também podem criar seus próprios modelos a partir de objetos que possam ser reciclados e transformados, tornando algo simples em uma brincadeira alegre e contagiosa.

Características específicas - As crianças são crédulas e confiantes, e por isso mesmo devem ser objeto de nosso  maior cuidado, pois tudo o que for ensinado ficará gravado. Daí a nossa grande responsabilidade (Texto extraído do livro A importância do Evangelismo Infanto-Juvenil, CPAD).


IV– Sugestão
Você vai precisar de cartolina branca, cola branca, papel picado colorido, purpurina e cola colorida.

Recorte a cartolina em retângulos e escreva no centro a frase “Eu amo o papai”. Distribua os cartões para as crianças e peça para enfeitarem, pois será entregue ao papai.


Nenhum comentário:

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...